Pense no que é verdadeiro.

Filipenses 4:8
 “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”.

Embora não há como controlarmos aquilo que nos invade os pensamentos, todavia, como crentes devemos fixar nossa mente nas coisas verdadeiras, puras, justas, santas e, enfim, que tenham alguma virtude. Evidentemente que não conseguimos fixar nossa mente o dia inteiro nas coisas que são de Deus, porém devemos estar vigilantes para que as coisas do mundo não a inunde. No versículo 9, Paulo nos ensina que essa é uma condição prévia para experimentarmos a paz de Deus e o livramento da ansiedade. Se assim fizermos, “o Deus de paz será conosco”. O resultado de fixar nossas mentes nas coisas do mundo será a perda da alegria, da presença íntima e da paz de Deus e, nossos corações sem proteção.

Aquilo que inunda a nossa mente é o que determina o que falamos e fazemos, por isso, Paulo nos aconselha a programar nossa mente com pensamentos que sejam virtuosos e louváveis. Se, por ventura, nós temos algum problema com pensamentos impuros ou com devaneios, devemos examinar o que estamos colocando em nossa mente por meio da televisão, livros, conversas, filmes, revistas e redes sociais. Substitua toda informação perniciosa por material de valor, isto é, devemos ler a Palavra de Deus e orar e, em nossa oração devemos pedir a Deus para nos ajudar a direcionar nossa mente para aquilo que é bom e puro. Essa atitude requer alguma prática e disciplina e, o Senhor não a exigiria de nós se não tivéssemos condição de realizar.

Somente podemos manter um relacionamento saudável com o próximo quando vivemos em paz conosco mesmos e, por paz, devemos entender que não se trata apenas em se ter uma vida sem conflitos. O termo, biblicamente falando, aponta para uma definição cujo significado básico é harmonia, plenitude, firmeza, bem-estar e êxito em todas as áreas da vida. E, nesse sentido, a definição é muito ampla.

Paz pode referir-se à tranquilidade nos relacionamentos internacionais, tal como a paz entre as nações em guerra; pode referir-se, também, a uma sensação de tranquilidade dentro de uma nação durante tempos de prosperidade e sem guerra civil; pode ser experimentada com integridade e harmonia nos relacionamentos humanos, tanto dentro do lar quanto fora; pode referir-se ao nosso senso pessoal de integridade e bem-estar, livre de ansiedade e em paz com a própria alma e com Deus.

A paz de Deus é diferente da paz do mundo. A verdadeira paz não se encontra no pensamento positivo, na ausência de conflitos ou nos bons sentimentos. Ela vem de saber que Deus está no controle de todas as coisas.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal (pág. 1120, extraído e adaptado).
– Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.