Deixe a mentira e fale sempre a verdade com o próximo.

Efésios 4:25
 ‘’Pelo que deixai a mentira e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros”.

Até o capítulo 4 da carta que Paulo escreveu aos Efésios, os assuntos abordados são as verdades absolutas e eternas dos propósitos divinos, para agora tratar daquilo que é inerente ao crente, ou seja, agora começa a expor o que cada membro da Igreja tem que ser para que ela possa cumprir a sua parte no plano e no propósito de Deus. Entretanto, para que a Igreja tenha êxito na sua tarefa, os membros que a constituem devem possuir uma característica especifica, isto é, um caráter necessário para ser o instrumento de Cristo na reconciliação entre homem e Deus.

O que Paulo deseja é que o crente entenda e admita que é preciso ser diferente das pessoas do mundo, diferente em tudo e, para isso, é preciso cultivar algumas virtudes imprescindíveis capazes de tornar evidente a nova criatura que somos. Paulo, então, enumera nos três primeiros versículos tais virtudes: humildade, mansidão, longanimidade e amor. Quando essas virtudes estão em evidência na vida do crente, então, e somente então, ele entende a real definição do que é paz – Paz é uma correta relação entre os homens.

 A diferença entre crentes e não crentes tem que ser gritante a ponto de as pessoas serem capazes de perceber, tão somente pela forma como vivem os crentes, isto é, na luz do Senhor. Em vista disto, Paulo exorta aos crentes de todas as épocas a abandonarem sua antiga vida pecaminosa, pois agora somos seguidores de Cristo. Ter uma vida cristã representa um verdadeiro processo. Embora tenhamos recebido uma nova vida em Cristo, isso não quer dizer que automaticamente teremos somente bons pensamentos e exibiremos atitudes corretas. Mas se continuarmos ouvindo a Deus, estaremos em constante transformação.

E, por termos recebido nova vida em Cristo, precisamos abandonar alguns defeitos (os quais não conseguimos enxergar em nós mesmos) e, um deles, é a falsidade. Parece um absurdo tratar de um assunto como esse nas igrejas, mas, infelizmente ele é tão intenso nas igrejas quanto no mundo. Mentir tornou-se tão trivial, que as pessoas nem percebem que estão mentindo, todavia, por ser trivial não quer dizer que seja correto.

Ora, se estamos ligados num corpo (igreja), este corpo só pode funcionar quando dizemos a verdade uns com os outros. Todo e qualquer engano danifica a obra do corpo de Cristo.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.
– Efésios – Willian Barclay

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.