Não se alarmar com falsos adventos de Cristo.

II Tessalonicenses 2: 1-4
Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e pela nossa reunião com ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o Dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém, de maneira alguma, vos engane, porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.”

As profecias bíblicas não tem por finalidade estabelecer uma ordem cronológica dos fatos, antes, elas vão proporcionar aos que não se movem do seu entendimento, um extraordinário auxilio na construção do caráter do crente. Assim como os crentes de Tessalônica, hoje, muitos crentes vivem angustiados por causa das coisas que tem acontecido ultimamente. Acontecimentos que, se forem comparados às profecias bíblicas, são os cumprimentos cabais delas, no entanto, somos advertidos enfaticamente a não nos desviarmos das verdades bíblicas. Não estou dizendo que estamos longe do cumprimento das profecias bíblicas, tão somente digo, que muitos estão olhando na direção errada, no que diz respeito aos sinais.

Os interesses de Satanás para com esse mundo, vai muito mais além do que estamos vivenciando nestes últimos dias, o anseio dele em realizar tudo o que intenta, está refreado pelos interesses do nosso Deus, ou seja, enquanto o nosso Deus não realizar os seus propósitos para com a humanidade, Satanás está limitado em suas ações. Ele até deseja intensificar a maldade humana, mas não pode, não enquanto a Igreja de Cristo e o Espírito Santo de Deus estiverem aqui. Enquanto a Igreja vai ser arrebatada e o Espírito Santo permanecerá aqui, mas, não refreando mais as ações do diabo.

Quando faço minhas críticas a determinadas igrejas, eu as faço fundamentado no papel que tais igrejas estão desempenhando diante da sociedade. Algumas igrejas trazem em seus nomes o adjetivo “evangélica”, contudo, do Evangelho de Cristo não anunciam nada, embora, existam no meio delas pessoas que decididamente querem realizar a obra de Deus. Mesmo que efetuem uma evangelização precária, tais igrejas, ainda que inconscientemente, são refreadoras das ações do diabo. Eu faço minhas críticas afim de que sejam despertadas, pois sei e reconheço a importância delas neste mundo.

Vivemos em um tempo em que somos alvos de tudo quanto é tipo de informação. Muitas delas são verdadeiras, assim como, muitas delas são falsas, por isso, o Senhor insta-nos a sermos cautelosos quanto as informações que chegam aos nossos ouvidos. Não podemos dar ouvidos às “novidades proféticas”, por que, tudo quanto vai acontecer a este mundo com seus habitantes, já estamos, antecipadamente, avisados. Portanto, se alguma profecia destoa da Palavra de Deus, ela é falsa e demoníaca.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.