Devemos discernir os espíritos.

I Coríntios 2: 10-15
 “Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido”.

Quando a Bíblia diz que devemos ter a mente de Cristo, isso significa que devemos conhecer Sua vontade e Seu plano em relação à salvação do homem. Isso implica em atentar para todas as coisas, em todos os aspectos, da mesma ótica de Deus, devemos valorizar tais coisas da mesma forma que Deus valoriza, amar o que Ele ama e detestar o que Ele detesta. Quando temos a mente de Cristo, entendemos o que é a santidade de Deus e a malignidade do pecado. Então, e somente então, recebemos o Espírito Santo para que nos ensine e nos faça compreender que nós, como crentes, somos radicalmente diferentes do modus vivendi deste mundo.

As Escrituras dividem todos os seres humanos em geral, em duas classes:
– O homem/mulher natural, denotando a pessoa irregenerada, governada por seus próprios instintos naturais –“Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção”. Tal pessoa não tem o Espírito Santo, está sob o domínio de Satanás e é escravo da carne com suas paixões. Pertence ao mundo, está em harmonia com ele – “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus”, e rejeita as coisas do Espírito. A pessoa natural não consegue compreender a Deus, nem os seus caminhos; pelo contrário, depende do raciocínio ou emoções humanas.

– O homem/mulher espiritual denota a pessoa regenerada, que tem o Espírito Santo. Essa pessoa tem mentalidade espiritual, conhece os pensamentos de Deus e vive pelo Espírito de Deus. Tal pessoa crê em Jesus Cristo, esforça-se para seguir a orientação do Espírito que nela habita e resiste aos desejos sensuais e ao domínio do pecado – “Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus”.

Nem todo crente se esforça como devia para vencer plenamente sua natureza pecaminosa. Devemos  entender que é impossível participar das coisas do Senhor e das coisas de Satanás ao mesmo tempo – “Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios”. Devemos nos separar completamente do mundo e nos purificar de tudo quanto contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a nossa santificação no temor do Senhor.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal pag 1738

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.