Cristo, a cabeça da Igreja.

Efésios 1: 17-23; 5:23
 “Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação, tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos … que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e pondo-o à sua direita nos céus, acima de todo principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro. E sujeitou todas as coisas a seus pés e, sobre todas as coisas, o constituiu como cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos”. “Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo”.

“O Senhor Jesus Cristo deixou este mundo há mais de dezenove séculos; entretanto, ele ainda está no mundo. Com isso queremos dizer que sua presença se faz sentir por meio da igreja, a qual é seu corpo. Assim como ele viveu sua vida natural na terra, em um corpo humano individual, assim também ele vive sua vida mística em um corpo tomado da raça humana em geral. Na conclusão dos Evangelhos não escrevemos: “Fim”, mas, “Continua”, porque a vida de Cristo continua a ter expressão por meio dos seus discípulos como se evidencia no livro de Atos dos Apóstolos e pela subsequente história da igreja. “Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós”. “Quem vos recebe, a mim me recebe”. Antes de partir da terra, Cristo prometeu assumir esse novo corpo”. Myer Pearlman

Devemos estar cientes de que quando o Senhor Jesus diz que a igreja é o Seu corpo, de maneira alguma devemos olhar para os templos em si, pois o corpo místico do qual o Senhor Jesus faz menção, são os seus fiéis seguidores que estão unidos pela fé que têm em comum. Todavia, em João 15:5 o Senhor diz o seguinte: – “Eu sou a videira, vós, as varas; quem está em mim, e eu nele, este dá muito fruto, porque sem mim nada podereis fazer”. Ora! O que o Senhor Jesus quer dizer com isso se Ele já declarara que, nós como igreja, somos Seu corpo? Na verdade o Senhor está afirmando Sua declaração, pois, assim como a videira está incompleta sem as varas e as vara nada podem fazer se não estiverem na videira, assim é a igreja como corpo da cabeça que é Cristo – uma cabeça sem corpo não tem como trabalhar e um corpo sem cabeça é tão inútil quanto uma lâmpada sem combustível.

Jesus usa o Seu corpo místico – a igreja – para que o mundo O possa conhecer. É através do Seu corpo que Jesus se revela de uma forma mais plena aos que hão de ser salvos. Se Jesus Cristo há de ser conhecido pelo mundo, terá que ser através daqueles que tomam o Seu nome e participam de Sua vida. Na medida em que a igreja se tem mantido em contato com Cristo, sua Cabeça, assim tem participado de sua vida e experiências. Jesus andou pregando o Evangelho aos pobres, curando os quebrantados de coração, e pregando libertação aos cativos; e a verdadeira Igreja sempre tem seguido em suas pisadas. “Qual ele é, somos nós também neste mundo“.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Conhecendo as Doutrinas da Bíblia – Myer Pearlman

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.