Quem está com o pensamento firme em Deus é guardado por Ele.

Isaías 26: 3
 “Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti”.

Reconheço que, às vezes, meus comentários parecem enfadar os leitores. Têm-se a impressão que estou sempre batendo na mesma tecla, falando sempre do mesmo assunto como se não houvesse mais nada para argumentar. Entretanto, quando nos voltamos para a Bíblia, mais precisamente sobre os livros que tratam das profecias acerca do juízo que estava determinado sobre Israel e Judá, nós vemos que embora usassem linguagem distinta, os profetas, todos eles, anunciavam uma só mensagem – arrependimento dos pecados e obediência à voz de Deus. E, da mesma forma como os israelitas, no Antigo Testamento, quando recebiam as mensagens, em vez de se sujeitarem à voz de Deus, mais obstinados se faziam em suas rebeldias, assim, o povo de Deus, nos dias atuais, está se comportando, por isso, mesmo que estes comentários pareçam monótonos, eles se fazem necessários para despertar as pessoas de sua condição.

Evidentemente que, contra os juízos divinos que estão determinados, não podemos muda-los ou altera-los naquilo que diz respeito sobre o que o Senhor já determinou, todavia, as condições como vamos enfrentar ou, até mesmo, passar por estes “juízos” tem estreita relação de como estamos nos comportando em relação a tudo quanto o Senhor tem nos falado nestes últimos dias pelos seus profetas, seja de forma verbalizada ou escrita.

O Senhor usou o profeta Isaías em um período onde Israel estava vivendo uma grande “turbulência” espiritual. Quando chamou Isaias para ser um profeta, Deus não o encorajou com previsões de grande sucesso, antes, o preveniu de que o povo não o ouviria. De qualquer modo, Isaias deveria falar e escrever suas mensagens porque, no final, alguns o ouviriam. Deus comparou o seu povo a uma árvore que teria de ser cortada a fim de que outra pudesse crescer de seu antigo tronco. Nós, que somos parte daquele futuro, podemos ver que muitas promessas de Deus concedidas através de Isaias se cumpriram em Jesus Cristo. Também ganhamos esperança ao saber que Deus está ativo em toda a história, inclusive em nossa própria história.

Como dissemos, não podemos evitar as lutas que ocorrem no mundo à nossa volta, mas se fixarmos o nosso pensamento em Deus, conheceremos a perfeita paz, mesmo em meio aos maiores tumultos. Isto é, o Senhor, tanto pode nos poupar das aflições como pode nos poupar nas aflições, o que devemos estar conscientes é de que, independente, de como o Senhor age, a nossa confiança é de que Ele nos conservará. À medida que enfocamos o nosso pensamento em Deus e em sua Palavra, tornamo-nos firmes e estáveis. Sustentados pelo imutável amor de Deus e por seu supremo poder, não seremos abalados pelo caos que nos rodeia. Você deseja a paz? Conserve os seus pensamentos e a sua confiança em Deus.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.