A graça é um favor outorgado por Deus na conversão.

Romanos 3: 23-24
 “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus”.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a Bíblia Sagrada não foi escrita essencialmente para provar a existência de Deus e, muito menos, para provar que Jesus, o Cristo, é Seu Filho e que veio voluntariamente ao mundo para oferecer salvação a todos. Este é o ponto crucial que muito não enxergam na Bíblia Sagrada – ela é elemento revelador da condição do homem diante de Deus. A Bíblia Sagrada tem, entre outros objetivos, o de revelar ao homem o quanto ele está distante daquilo que é estabelecido por Deus como padrão. E, quando ela fala de “todos”, o entendimento do termo tem que ser no sentido literal, assim, sem nenhuma exceção, todos os homens (seres humanos) necessitam de salvação.

Se todos os crentes frequentassem a Escola Bíblica Dominical em suas igrejas, certamente, não teríamos tantas desinformações sendo publicadas nas redes sociais. Entretanto, as profecias bíblicas não foram preditas apenas para intimidar os crentes e, independente da nossa vontade, elas estão se cumprindo – “Porque virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas”. Em vista disto, muitos não frequentam a EBD porque já não sofrem mais a sã doutrina da Palavra de Deus. O mais grave em tudo isso é que os que não frequentam a EBD são os que mais têm voz ativa nas igrejas. A grande maioria recebeu a salvação, mas ainda não se converteu.

Conversão, segundo a definição mais simples, é abandonar o pecado e aproximar-se de Deus. O termo é usado para exprimir tanto o período crítico em que o pecador volta aos caminhos da justiça como também para expressar o arrependimento de alguma transgressão por parte de quem já se encontra nos caminhos da justiça. A conversão envolve a personalidade toda da pessoa — intelecto, emoções e vontade.

Os que não frequentam EBD pensam que a conversão se dá quando a pessoa adota os usos e costumes da denominação. Embora a conversão descreva o lado humano da salvação, todavia, não é a isso que se aplica. Convertido é aquela pessoa que odeia as coisas que antes amava e ama as coisas que outrora odiava. Essas pessoas estão descrevendo o que aparece, isto é, o lado humano do fato. Mas, do lado divino, diríamos que Deus perdoou o pecado do pecador e lhe deu um novo coração.

Contudo, isso não significa que a conversão seja inteiramente uma questão de esforço humano. Como a fé e o arrependimento estão inclusos na conversão, a conversão é uma atividade humana, mas ao mesmo tempo é um efeito sobrenatural sendo ela a reação por parte do homem ante o poder atrativo da graça de Deus e da sua Palavra. Portanto, a conversão é o resultado da cooperação das atividades divinas e humanas. “Assim também operai a vossa salvação com temor e tremor; porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar segundo a sua boa vontade“.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Conhecendo as Doutrinas da Bíblia – Myer Pearlman

Compartilhar

One thought on “A graça é um favor outorgado por Deus na conversão.

  • 12 de outubro de 2021 em 06:10
    Permalink

    Eita glória Deus seja louvado

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.