Deus abomina os soberbos, que confiam na sabedoria mundana.

Tiago 4: 6
 “Antes, dá maior graça. Portanto, diz: Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes”.

O poder que a Palavra de Deus exerce sobre nós, induzindo-nos a uma transformação, se aplica na área da moralidade. Não mencionamos a área da espiritualidade, porque a palavra de Deus só vai exercer tal poder sobre a vida daqueles que espiritualmente já foram transformados. Sendo assim, aqueles que já foram transformados espiritualmente pelo poder da Palavra de Deus, se sentem constrangidos a mudarem, também, o seu comportamento no aspecto moral. Evidentemente, que a Bíblia não efetuará a mudança nas pessoas apenas pelo fato de ter sido lida por elas. Quem lê a Bíblia e compreende (com o auxilio do Espírito Santo) seus ensinos, entende que é imprescindível que haja mudança e, que esta, não se dá de forma automática, é preciso querer mudar.

Talvez, alguns podem estar perguntando: Por que devo mudar? Afinal de contas o convite que o próprio Senhor Jesus faz a todos os homens é que se deve chegar a Ele da forma como estão. Bom…, o texto bíblico usado como base para essa afirmação, diz assim – “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”, e como sempre falamos, “um texto fora do seu contexto é um excelente pretexto”.

De fato, o convite do Senhor é que nos cheguemos a Ele da forma como estamos e, o melhor de tudo, Ele diz que é Ele quem vai nos aliviar das nossas cargas, porém…, contudo…, todavia.., entretanto, no versículo seguinte o Senhor Jesus diz o que nos é necessário fazer para que Ele possa operar em nós – “Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma”. Aqui está o “x” da questão. No primeiro versículo o que o Senhor Jesus está garantindo é que qualquer pessoa que se chegar a Ele será recebida e ouvida, mas daí por diante, algo tem que mudar.

O Senhor sempre é fiel com todas as palavras que diz e, nos salmos Ele diz, ou melhor, Ele garante que – “… um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus”, ou seja, ouvir o apelo, o clamor e as suplicas dos homens, Ele ouve, porém isso não quer dizer que Ele vai admitir que se permaneça na presença dEle da mesma forma como a que chegamos. Aquele que deseja permanecer na presença de Deus tem que se esforçar em se adequar aos parâmetros bíblicos para os servos dEle.

Sendo o Senhor Santo, Ele só admite em Sua presença aquele que esforça em ser “santo” diante dEle. Voltamos a repetir – a Palavra de Deus não promove uma mudança automática em nós, o que encontramos nela são os parâmetros que devemos atingir na nossa busca pela transformação.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal.

Compartilhar

One thought on “Deus abomina os soberbos, que confiam na sabedoria mundana.

  • 11 de fevereiro de 2022 em 06:32
    Permalink

    Tremendo o comentário de hoje .

    👏🏽👏🏽👏🏽 é imprescindível que haja mudança e, que esta, não se dá de forma automática, *é preciso querer mudar.*

    Deus abençoe sempre

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.