O pecado será banido para sempre e os eleitos herdarão a Nova Jerusalém.

Apocalipse 21: 2-4
 “E eu, João, vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas”.

Que futuro glorioso Jesus tem preparado para nós! Será um lugar sem todas as coisas ruins da nossa existência atual. Lá não haverá lágrimas, dores ou morte. Só haverá glória e alegria. Esta visão nos ensina que estaremos para sempre na presença de Deus. Não haverá necessidade de um templo, porque Deus já estará presente. Não haverá sol ou lua, porque a glória do Senhor iluminará perfeitamente aquela cidade chamada de Nova Jerusalém. A Cidade Santa resplandecerá com todo tipo de pedra preciosa. E sabemos que a glória e a alegria serão ainda mais maravilhosas do que estas palavras comunicam, porque palavras humanas não são capazes de expressar essas alegrias divinas e celestiais.

O alvo e expectativa finais da fé do Novo Testamento é um novo mundo, transformado e redimido, onde Cristo permanece com seu povo e a justiça reina em santa perfeição – “Porque eis que eu crio céus novos e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão”. E, para apagar todos os sinais do pecado, haverá a destruição da terra, das estrelas e galáxias. O céu e a terra serão abalados e desaparecerão como fumaça – “Levantai os olhos para os céus e olhai para a terra de baixo, porque os céus desaparecerão como a fumaça, e a terra se envelhecerá como uma veste, e os seus moradores morrerão como mosquitos; mas a minha salvação durará para sempre, e a minha justiça não será quebrantada”.

A terra renovada se tornará a habitação dos homens e de Deus. Todos os redimidos terão corpos semelhantes ao corpo ressurreto de Cristo, corpo real, visível e tangível, porém incorruptível, poderoso e imortal.

A nova Jerusalém está agora no céu; dentro em breve, ela descerá à terra como a cidade de Deus, que Abraão e todos os fiéis esperavam, da qual Deus é o arquiteto e construtor. A nova terra será a sede do governo divino, e Ele habitará para sempre com o seu povo. Os efeitos do pecado, tais como a tristeza, a dor, a mágoa e a morte, já se foram para sempre, porque as coisas más do primeiro céu e da primeira terra foram-se completamente. Os crentes apenas se lembrarão das coisas santas que valem a pena ter na memória; decerto não se lembrarão do que lhes causaria tristeza.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia Estudo Pentecostal.
– Bíblia do Semeador.
– Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.