Levi, o patriarca sacerdotal.

Gênesis 29: 34
E concebeu outra vez e teve um filho, dizendo: Agora, esta vez se ajuntará meu marido comigo, porque três filhos lhe tenho dado; por isso, chamou o seu nome Levi.”

Deus separou um povo para Sua exclusiva propriedade quando fez Sua aliança com Abraão e depois com seu filho Isaque e, depois dele, com Jacó, neto de Abraão. A promessa de Deus foi suscitar descendência a um homem que tinha tudo o que queria, menos um filho que recebesse sua herança e, como uma aliança com Deus passa pelo desejo do coração do homem, Deus tornou a esposa de Abraão fértil.

Abraão só teve um filho e seu filho teve dois filhos gêmeos, e dos dois, Jacó foi escolhido por Deus para o cumprimento de Sua promessa. Jacó teve doze filhos homens, que são os patriarcas de Israel. Além de seus doze filhos, Jacó deu herança aos dois filhos de José, seu filho amado que foi dado como morto e que ele só reencontrou anos depois, já como o poderoso primeiro ministro na terra de seu cativeiro. Assim Manassés e Efraim, filhos de José, passaram a compor o patriarcado judeu e José não constituiu uma tribo.

Levi foi o terceiro filho de Jacó e Deus reservou a ele e sua descendência por estatuto perpétuo, o exercício das funções do templo e a condução espiritual do povo de Deus, veja: “E separarás os levitas do meio dos filhos de Israel, para que os levitas sejam meus.” (Nm 8:14).  Deus escolheu os levitas para serem Seus, por isso a tribo de Levi não é contada entre as tribos de Israel.

A tribo de Levi tinha alguns privilégios e muitas responsabilidades, tais como: servir no santuário; transportar a Arca da Aliança; ensinar a Lei e abençoar o povo. De todos os privilégios o maior, sem dúvida, era ter associado o seu nome ao Nome de Deus, os levitas representavam Deus na condução espiritual de Israel.

Nenhuma outra tribo de Israel transportava a Arca da Aliança e nenhum judeu oferecia sacrifícios e holocaustos sem a intermediação dos levitas. O povo hebreu foi escolhido por Deus, mas a tribo de Levi foi escolhida entre os escolhidos, separada por Deus para servir a Ele dia e noite.

Gozavam os levitas de alto prestígio, de elevada estima aos olhos do Senhor a ponto de lhes ser dito pelo Senhor, “… os levitas serão meus“. Por esse motivo, no deserto, quando da apostasia do povo de Deus, os levitas puniram os apóstatas (Ex 32.25-29).

O povo de Israel fora escolhido, mas só a tribo de Levi foi separada para ser a tribo de sacerdotes. Consagração na Antiga Aliança era algo exclusivo. Hoje, na dispensação da raça, todos somos sacerdotes, levitas. A consagração visa a servir a Deus, como o faziam os levitas que tinham a função de “estar diante do Senhor”. Quando nos tornamos crentes em Cristo, assumimos o compromisso de servir a Deus por toda a vida.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Estudo Bíblico Os Levitas – Pr Walter Santos Baptista
– http://sombradoonipotente.blogspot.com/2013/07/a-tribo-de-levi.html

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.