Os dons de Cristo aqui são os mesmos dons do Espírito Santo .

Efésios 4: 8-11
 “Pelo que diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro e deu dons aos homens. Ora, isto — Ele subiu — que é, senão que também, antes, tinha descido às partes mais baixas da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. E Ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores”.

Antes de mais nada, vamos esclarecer e salientar que quem concede os dons aos crentes é o Senhor Jesus e, isso só é possível através da pessoa do Espírito Santo. Paulo, por estar escrevendo para crentes, julga desnecessário citar certos detalhes, por isso, ele diz que “Ele mesmo deu” se referindo ao Senhor Jesus, entretanto, Paulo sabe e ensina que os dons são concedidos por Jesus através do Espírito Santo.

O artigo de hoje tem por objetivo expor algumas verdades a respeito dos dons ministeriais, ou seja, os dons concedidos aos crentes que visam preparar o povo de Deus ao trabalho cristão, bem como, para o crescimento e desenvolvimento espirituais do corpo de Cristo, segundo o propósito de Deus. A intenção não é discutir o número de dons ministeriais, mas, de esclarecer o que cada um dos ministérios representa, até os dias de hoje, de acordo com a sã doutrina bíblica. Os dons ministeriais, como o próprio texto bíblico aponta, são: Apóstolos, Profetas, Evangelistas, Pastores e Doutores ou Mestres.

O título “apóstolo” se aplica a certos líderes cristãos no Novo Testamento. O verbo apostello significa enviar alguém em missão especial como mensageiro e representante pessoal de quem o envia. O termo se refere a um mensageiro nomeado e enviado como missionário ou para alguma outra responsabilidade especial. Eram homens de reconhecida e destacada liderança espiritual, ungidos com poder para defrontar-se com os poderes das trevas e confirmar o Evangelho com milagres. Cuidavam do estabelecimento de igrejas segundo a verdade e pureza apostólicas. Em sentido especial, o termo faz referência àqueles que viram Jesus após a sua ressurreição e que foram pessoalmente comissionados por Ele a pregar o evangelho e estabelecer a igreja. O ministério de apóstolo nesse sentido restrito é exclusivo, e dele não há repetição. Os apóstolos originais do Novo Testamento não têm sucessores.

Os profetas eram homens que falavam sob o impulso direto do Espírito Santo, e cuja motivação e interesse principais eram a vida espiritual e pureza da igreja. Sob o novo concerto, foram levantados pelo Espírito Santo e revestidos pelo seu poder para trazerem uma mensagem da parte de Deus ao seu povo.

No Novo Testamento, evangelistas eram homens de Deus, capacitados e comissionados por Deus para anunciar o evangelho, as boas novas da salvação aos perdidos e ajudar a estabelecer uma nova obra numa localidade. A proclamação do evangelho reúne em si a oferta e o poder da salvação.

Os pastores são aqueles que dirigem a congregação local e cuidam das suas necessidades espirituais. Também são chamados “presbíteros” e “bispos” ou supervisores. A tarefa do pastor é cuidar da sã doutrina, refutar a heresia, ensinar a Palavra de Deus e exercer a direção da igreja local, ser um exemplo da pureza e da sã doutrina, e esforçar-se no sentido de que todos os crentes permaneçam na graça divina.

Os mestres ou doutores são aqueles que têm de Deus um dom especial para esclarecer, expor e proclamar a Palavra de Deus, a fim de edificar o corpo de Cristo. A missão dos mestres bíblicos é defender e preservar, mediante a ajuda do Espírito Santo, o evangelho que lhes foi confiado. Têm o dever de fielmente conduzir a igreja à revelação bíblica e à mensagem original de Cristo e dos apóstolos, e nisto perseverar.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal (pág. 1814)

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.